sábado, 27 de junho de 2015

Chocolate chip cookies com cranberries

 Cookies com gotas de chocolate! Já pensou na origem dessa receita? Eu já. Sou do tipo que ama saber a origem das coisas,  gosto de novidades e dedico um tempo lendo sobre o assunto.
 
A invenção dos cookies ocorreu por acaso. Um acaso feliz, uma "serendipidade".
 
Segundo a wikipedia, uma das histórias, e essa é minha favorita, é que a senhora Ruth Wakefield estava fazendo biscoitos amanteigados em seu restaurante em meados de 1930 quando percebeu que tinha acabado seu chocolate em pó! Algo que nunca acontece na nossa casa, certo? Ainda bem que tenho vizinhas que me socorrem... Mas a dona Ruth foi bem criativa e, na pressa, jogou uns pedaços quebrados de chocolate meio-amargo sobre os biscoitos, pensando que eles iriam derreter e se misturar à massa. Para sua surpresa os biscoitos saíram do forno com os pedacinhos e ainda fizeram sucesso entre os clientes.
 
Verdade ou não, os cookies com gotas de chocolate surgiram com certeza nos Estados Unidos. E lá você encontra lojas que vendem só cookies! Grandes, pequenos, confeitados, simples e até do tamanho de uma pizza!!! Uma perdição.
 
Quando fiz intercâmbio eu parava em frente à loja no mall, ficava admirando e pensando, por que não tem essa delícia no Brasil? Mas isso foi em 1987 e de lá para cá muita coisa mudou!
 
E vamos à minha receita favorita, cookies com cranberries, porque me lembram aqueles oferecidos em alguns hotéis como cortesia aos hóspedes. Esses cookies ficam macios por dentro (chewy), do jeito que gosto...

Detalhe: Leia atentamente, porque a receita pede que você separe um pouco de nozes, cranberries e chocolate para colocar por cima antes de terminar de assar. Se você se distrair e misturar tudo à massa, também vai dar certo!!!

Se não tiver cranberries, não faz mal, faça como a senhora Ruth, improvise!  E se não gostar de nozes, tente substituições, como pistache, castanhas e amendoim...

Chocolate chip cookies com cranberries
Da revista: Good Housekeeping

2 1/2 xícaras de farinha de trigo
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
3/4 xícara de manteiga ou margarina amolecida
3/4 xícara de açúcar mascavo
1/4 xícara açúcar granulado
3 colheres (sopa) de mel ou karo
2 ovos
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 xícara de nozes, tostadas e trituradas
1 xícara de cranberries secas
120 g de chocolate branco picado
120 g de chocolate meio amargo picado (ou gotas de chocolate)

Preaqueça o forno a 190°C.
1) Misture a farinha, o bicarbonato e o sal. Reserve.

2) Na batedeira em velocidade média, bata a manteiga, o açúcar e mel até ficar cremoso. Junte os ovos e a baunilha. Reduza a velocidade para baixa e adicione a mistura de farinha aos poucos.
 
3) Desligue a batedeira e acrescente 2/3 das nozes, cranberries e pedaços de chocolate. Misture bem com espátula. Leve a massa à geladeira por 15 minutos ou até um dia. (Ou congele no formato de rocambole coberto com filme plástico - quando assar só cortar fatias de 1 cm e colocar na assadeira.)
 
4) Usando uma colher de sorvete ou "cookie scoop" coloque colheradas da massa a dois centímetros de distância em assadeira untada e enfarinhada. Asse por cinco minutos e retire do forno. Trabalhando rapidamente, pressione algumas das nozes restantes, cranberries e pedaços de chocolate nos cookies. Volte para o forno e deixe mais 6 a 8 minutos ou até que as bordas estejam douradas. Transfira os cookies imediatamente para uma grade para esfriar completamente.
 
Volte a massa que sobrou à geladeira enquanto assa. Repita o processo com a massa restante. Armazene os cookies assados em recipiente fechado por uma semana ou no freezer por até um mês.
 
Massa crua pronta para ir ao forno

domingo, 5 de abril de 2015

Coelhinho da Páscoa, o que trazes para mim?



Para algumas pessoas ele trouxe estas marmitinhas decoradas com tecido que eu fiz com um bolinho dentro, fiz para atender encomendas. Presentes feitos a mão sempre cativam o coração.

E para você... que seja doce e em boa companhia!

Mas o que há de tão importante sobre a Páscoa?

Entre os judeus, esta data é muito importante, pois marca o êxodo deste povo do Egito, onde viveram por cerca de 400 anos. Esta história encontra-se na Bíblia, no livro de Êxodo. Nesta data, os judeus reúnem suas famílias, fazem e comem o matzá (pão sem fermento) para lembrar a rápida fuga do Egito, quando não sobrou tempo para fermentar o pão.

Entre os cristãos, esta data celebra a ressurreição de Jesus Cristo, e também é muito importante, porque provou que Jesus era quem dizia ser: Deus em carne e osso que veio trazer salvação ao mundo e oferecer a vida eterna. Três eventos ocorreram em uma sucessão dramática no fim de semana da Páscoa: o julgamento de Jesus, depois a morte de Jesus e, finalmente, a ressurreição de Jesus.  Assim como Pilatos perguntou: "Que farei então com Jesus, chamado Cristo?" Cabe a nós também também decidir se ele era o que disse ou não. É uma decisão pessoal.

Muitas pessoas tomam esta decisão de entregar seus corações e suas vidas assumindo um compromisso com Cristo, querendo conhecer mais sobre aquele que conhece tudo de nós. Mas como isso acontece?  É muito simples! Basta crer que Jesus Cristo morreu por nós na cruz e ressuscitou dentre os mortos e reconhecemos que Ele é o caminho para Deus. A Palavra de Deus diz que Você foi salvo pela fé em Deus, que nos trata muito melhor do que nós merecemos. Este é um dom de Deus para você, sem você precisar fazer nada por conta própria (Efésios 2:8) para ganhar a eternidade.

Minha receita de hoje é esta: desfrute deste presente e promessa:

"Deleite-se no Senhor, e ele atenderá aos desejos do seu coração. 
Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá." 
Salmos 37:4-5

Com carinho,

Cris

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Feliz Natal!

Porque para mim só existe um motivo para comemorar o Natal: Jesus nasceu! Feliz Natal!


quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Muffins de omelete


Café da manhã, como é bom. Começar o dia em paz, sem correria, porque esta é uma refeição importante. Ficamos várias horas sem comer (dormindo) e de manhã  precisamos nos alimentar bem. Sempre falo isso para meus filhos, de maneira simples.

Estes muffins de omelete (ou quiche) eu fiz para as amigas do grupo de mães. Cada uma leva uma coisinha e a mesa sempre fica farta. Toda vez tenho que fazer uma lista na minha mente do que já fiz para elas... Gosto de inovar.

Algumas receitas com ovos e legumes que sempre me salvam no café da manhã ou lanche da tarde:

1) Torta de pão ciabatta
2) Ovos no ninho
3) Quiche de tortilla mexicana
4) Torta de ovos e pão

Muffins de omelete
1 forma para muffins/cupcakes
1 xícara de legumes frescos sortidos picadinhos (usei milho, ervilha, pimentão vermelho e bulbo de cebolinha) - você pode usar peito de peru, cenoura, cebola, azeitonas sem caroço etc.
1 xícara de parmesão fresco ou muçarela ralada
4 ovos
1 caixinha de creme de leite
1/4 colher (chá) de sal
Ervas finas ou orégano
Pimenta-do-reino a gosto

Pré-aqueça o forno a 180 ºC por uns 10 minutos.
Rende 6 muffins

1) Derrame um pouquinho de azeite no fundo de cada forminha de muffin. Polvilhe ervas finas ou orégano.

2) Distribua os legumes: encha 1/3 de cada forminha.

3) Bata os ovos com o creme de leite, o sal, a pimenta e o queijo ralado. Despeje sobre os legumes com o queijo, até quase a borda.

4) Leve para assar no forno a 180ºC por 10 a 15 minutos (até dourar).

Sirva quente.

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Cookies! Com mistura para bolo!


Cookies!!! Uma receita fácil feita com mistura para bolo. Em poucos minutos você bate, coloca na forma, assa e serve quentinho! Use a imaginação adicionando outros ingredientes.

As receitas de cookies tradicionais levam manteiga, açúcar mascavo e branco com gotas de chocolate. Outros ingredientes incluem aveia, chocolate branco, castanhas, cranberries etc. Esta receita é uma variação bem econômica e saborosa. 

Cookies de mistura para bolo
Fonte: Dear Crissy

1 pacote de mistura para bolo (baunilha ou chocolate)
2 ovos
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1/3 xícara de manteiga amolecida (3 colheres de sopa)
1 xícara de gotas de chocolate (ou corte em pedaços pequenos uma barra de ~170 g de chocolate - branco, amargo ou ao leite)

1) Aqueça o forno a 200 °C. Na tigela da batedeira misture os ovos, a baunilha e a manteiga. Despeje a mistura para bolo e bata em velocidade média até a massa ficar homogênea. Desligue a batedeira. Adicione o chocolate em gotas e mexa com uma colher de pau ou espátula.
 
2) usando uma colher para cookies (ou duas colheres) faça bolinhas de uns 2 cm, coloque em uma assadeira untada, deixando uns 3 cm de distância entre elas.
 
3) Asse por 9 a 11 minutos, ou até que as bordas estejam definidas e começando a dourar. Retire do forno, deixe esfriar 1 minutinho apenas e transfira os cookies com o auxílio de uma espátula para uma grade ou outra forma coberta com papel toalha.

Cookies de chocolate
 

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Fricassé de frango na maionese



Esta é uma receita que testei pela primeira vez para receber amigos. As visitas aprovaram e a família também! O tempo passou e acrescentei ingredientes que não estavam na receita original, que vi numa propaganda da revista americana Better Homes and Gardens.

Receber amigos é sempre um privilégio para nossa família. Podemos desfrutar da presença de pessoas queridas à mesa e me encanta preparar refeições especiais. Mas pensando bem... Toda refeição é especial! É aquela hora do dia que paramos, esquecendo-nos de tudo que somos ou fazemos para cuidar do nosso corpo. É um momento com a família ou junto a colegas e amigos. Então, na hora de comer tente desligar-se de problemas, evite discussões e troca de ofensas. Eu sempre digo aos meus filhos, o corpo manda a conta depois!

A mesa pode ser simples, um balcão, um cantinho da cozinha ou mesmo estar posta como manda as regras de etiqueta. Mas ela só vai ser eficiente se proporcionar o amor no ambiente! Isto sim é servir com pompa!

Quando eu era pequena minha mãe ouvia receitas no rádio e anotava as que chamavam a atenção. A beleza estava em imaginar como ficaria aquele prato. Havia poucos programas culinários na TV. Hoje existem canais exclusivos e a internet! Podemos trazer para nossa mesa pratos de qualquer cozinha do mundo que aprendemos em sites específicos, vídeos e nossos queridos blogs que nos acrescentam um pouco da história de quem cozinha. É por isso gosto de escrever aqui não só as receitas, mas minhas impressões sobre o que cada comida representa em minha vida.

Fricassé de frango na maionese
Adaptada da Hellman's

1 kg de peito de frango (filezinho) cortado em cubos de 2 a 3 cm
1 xícara de maionese light
1 xícara de leite
1/2 xícara de queijo ralado (uso muçarela)
1/2 xícara de farinha de rosca ou pão ralado na hora
Sal e pimenta a gosto

Sugestões para incrementar o fricassê - esta etapa é opcional
Brócolis
Milho
Seleta de legumes (congelada)

1) Coloque o filé de frango picado num refratário. Junte ingredientes da sugestão, como milho ou seleta (opcional). Salpique sal e pimenta.
2) Numa tigela misture maionese, leite e queijo ralado. Coloque sobre o frango e espalhe por cima a farinha de rosca. Leve ao forno preaquecido a 200°C por 40 minutos.
 
 

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Out-of-this-world Waffles!!

Amo acordar cedo. Verdade. A cama me dá dor no corpo e na consciência se não saio dela logo cedo. Então, aproveito para fazer uma caminhada e ver o sol nascer por detrás das nuvens. É maravilhoso observar a obra de nosso Criador brindando a todos, fazendo raiar o sol sobre bons ou maus. Prova de amor, pois o sol nasce para todos!
 
Outro bom momento de minha caminhada é sentir o cheirinho de café saindo de algumas casas. E voltar para casa, para minha família que começa a movimentar o dia, que vai seguir com seus próprios desafios.
 
O "coffee break" desta rotina acontece uma vez por semana, quando encontro minhas amigas de caminhada na fé. Alimentando o corpo e o espírito. Tudo bem cuidado para seguirmos fortalecidas cuidando de nossas famílias!
 
Papo em dia, conversas, reflexões e dicas sobre filhos, família, lazer, incentivo a hobbies e até maquiagem! Ah é bom demais saber que temos amigas, que podemos chamar a qualquer momento, que nos socorrem e nos dão aquela força!
 
E destes cafés, além de boas memórias, claro, temos as receitas! Hoje vou compartilhar a de waffles! 
 
 Tirando a maquininha de waffles do armário! Esta receita é a mais simples que conheço. Faz waffles sequinhos e leves. E receita tem que ser completa, sabia que a pronúncia correta é "uófous"? E não "ueifous" como a maioria diz! Uma outra palavra, aqueles biscoitos wafers, aí sim, a pronúncia é ueifers!

Waffles
Do livro "The Ultimate Southern Living Cookbook"

2 1/2 xícaras de farinha de trigo
1 colher de sopa + 1 colher (chá) de fermento em pó
1 pitadinha de sal
1 1/2 colher (sopa) de açúcar
2 ovos batidos
2 1/2 xícaras de leite
3/4 xícara de óleo

Spray para untar PAM sabor manteiga (não gruda de jeito nenhum!) ou margarina...

1) Misture os quatro primeiros ingredientes em uma tigela.

2) Misture os ovos, o óleo, o leite e adicione à mistura de farinha na tigela.

3) Preaqueça a máquina de waffles. Unte com óleo spray ou margarina. Coloque uma concha   pequena de massa na máquina preenchendo todo o espaço. Eu espero ela borbulhar um pouco para fechar e aguardo uns 5 minutinhos para abrir.

Sirva com manteiga, mel, frutas, chantilly etc. Se achar o  xarope de maple ("maple syrup")... Esse sim fica perfeito.

Esta receita antiga minha de calda butterscotch também é ótima para panquecas e waffles.

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Insalata Caprese, com muito amor.


Agrade e surpreenda a pessoa amada gastando apenas 10 minutinhos no preparo desta salada italiana de tomates! Lavar, cortar e temperar tomates, queijo e manjericão. Uma salada pronta para arrasar.

Quando crianças nós imaginamos um amor perfeito, de carruagens e príncipes... Mas crescemos! As carruagens ficam para trás e o cotidiano revela o melhor e o pior de todos nós na convivência a dois. Por outro lado, podemos dar uma mãozinha cultivando algumas ações, como a humildade, pois se nos amarmos uns aos outros, Deus permanecerá em nós, e o seu amor vai se aperfeiçoando em nós. 
 
Desta forma, não me estresso achando que viveremos um conto de fadas, porque por mais simples ou difícil que seja... a nossa história foi elaborada por Deus... e é Ele que vai nos aperfeiçoando, já que nosso ser está constantemente em obras! Preocupe-se somente em amar, e confie na promessa de que se formos delicados no trato uns com os outros, Ele nos concederá graça... Portanto... dobre-se, pratique a humildade (não quebra ninguém) e adapte-se... Acima de tudo, seja doce!

Salada Caprese
Tomates lavados e fatiados
Muçarela de búfala (usei queijo da canastra)
Manjericão fresco (usei o francês, que tem folhas pequenas)
Ervas finas, azeite, pimenta, alho em pó e sal
Cortadores de biscoitos em formato de coração

1) Disponha os tomates lavados e fatiados sobre um prato, polvilhe as ervas finas, o alho em pó, a pimenta e o sal.

2) Corte o queijo com um cortador de biscoitos, coloque sobre os tomates, escorra um fio de azeite por todo o prato e polvilhe mais ervas finas. Decore com folhas de manjericão. Sirva como aperitivo, com pão italiano ou use para rechear sanduíches. Se demorar a consumir, deixe o sal de fora e coloque na hora.
Cortadores de biscoitos... use para cortar legumes, queijos etc.



sexta-feira, 30 de maio de 2014

Salada Chicago - Com amêndoas caramelizadas!



Toda viagem curta ou longa que faço tem me mostrado que para ver a beleza de uma cultura  você precisa ser intencional, estar aberto e ficar atento ao modo de vida daquele lugar. Atravesse a linha de fronteira entre dois estados e você encontrará diferenças sutis que podem ser simples, mas que permitem mudar criativamente pequenas coisas no seu cotidiano, alinhando nossa jornada a nossos valores e paixões (aprendi isso no livro "Notes from a Blue Bike: The Art of Living Intentionally in a Chaotic World" de Tsh Oxenreider que uma amiga me emprestou!). E é libertador saber que o que a sociedade dita como regra, não tem o poder de mudar o que você sonhou para sua família. Escolha viver de maneira diferente...

Observe... A comida, as construções, a paisagem e mesmo o cheiro no ar. O sol se põe mais cedo se sua casa está no pé da montanha. Mais tarde se no topo, em outro momento se na planície. Como é que isto influencia a sua experiência e o que isto acrescenta à sua história é o que conta.

Não importa se estou no interior de Minas ou no subúrbio de uma grande cidade americana. Toda viagem tem seu sabor gastronômico que gosto de aprender para compartilhar com minha família e meus amigos na volta.

Esta salada é simples, todo mundo sabe fazer uma salada de alface. Mas eu nunca tinha comido uma salada com morangos e amêndoas caramelizadas antes! Por isso dei um nome a ela: Salada Chicago. E agradeço a um casal muito hospitaleiro que mora nos arredores de Chicago por esta dica! Além das receitas que fizeram em nossa estada, uma coisa me marcou. O acolhimento com atenção, a bondade, a disposição em servir e o tempo que planejaram estar conosco, tornando nossa viagem especial.
Uma outra versão, com tomatinhos e endívia.

Salada Chicago
Folhas verdes variadas (alface roxa e verde, rúcula, agrião, endívia etc.)
1 caixinha de tomate cereja ou morangos
1/4 cebola roxa picada

Molho de sua preferência (ou simplesmente azeite, sal, limão, pimenta)

Amêndoas caramelizadas
1/2 xícara de amêndoas sem sal em lascas ou trituradas (ou castanha do Brasil/Pará)
1/3 xícara de açúcar (usei orgânico)

Coloque as amêndoas e o açúcar em uma frigideira. Leve ao fogo bem BAIXO e vá mexendo a panela até dourar o açúcar. Deixe esfriar e coloque sobre a salada. Também vira um ótimo aperitivo... Já fiz também com castanha do Pará/Brasil triturada levemente no miniprocessador... Delícia!

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Kit Kat Easter Cake - Bolo de Páscoa Kit Kat

Todo ano faço uma atividade diferente sobre a Páscoa com meu filho menor e também com o nosso pequeno grupo de mulheres. Fiz um quadrinho para a porta da casa e o bolo da moda, de kit kat, um chocolate que lembra um pouco o bis extra. Eu, na verdade, não usei nenhum dos dois, mas uma imitação do kit kat, encontrada no sam's club que se chama Twin Break.
 
Minha decor de Páscoa, pronta em 5 minutos com tecido, quadrinho e um ninho de ovos com uma cruz, significando: Jesus, dois ladrões e um presente para todos nós! Uma atitude de perdão.... Foi assim que surgiu a nossa Páscoa!
 
Mesmo que você não seja religioso, se depara todos os anos com uma nuvem colorida de ovos de Páscoa pendurada sobre a cabeça em muitos supermercados e acaba comprando um ovo para presente ou consumo próprio.

Um dos quadros mais famosos de Leonardo da Vinci retrata a última ceia de Jesus. Muitas famílias possuem em casa este quadro, inclusive meus pais, que têm um prato sobre o armário da cozinha. Não é preciso ser nenhum gênio para reconhecer quem está sentado ao centro. A inspiração de Da Vinci encontra-se no livro de João 13:21-26, quando Jesus disse que alguém ali o trairia, quem ele desse o pedaço de pão molhado no prato. Todos conhecem a história... Viu, realmente, não precisa ser religioso ou crer em Deus para falar do quadro. Então, a diferença não está no conhecimento, mas na experiência que cada um tem com relação à história do quadro, ou seja, quando a história de Jesus intercepta a sua história, quando você deposita a esperança nele... Ele transforma, cura feridas, nos ajuda a descobrir quem somos e porque vivemos. E o que mais me fascina é que muito antes de ouvirmos falar dele, ele já pensava em nós! Feliz Páscoa!


Bolo kit kat
É muito simples e você vai precisar de:
1 bolo de sua preferência (pode ser confeitado!)
150 g coco em flocos desidratado (não é o ralado)
12 pacotes de kit kat ou 20 de twin break (aproximadamente)
Corante verde limão
Meia xícara de chantilly ou cream cheese (para colar os kit kats)
Miniovos de chocolate

Se o bolo estiver confeitado, melhor ainda. Caso contrário, você pode fazer um. A minha escolha para esta receita foi o bolo prestígio que era muito comum na minha infância. Hoje meus filhos torcem o nariz para este bolo, porque para esta geração, bolo confeitado é de brigadeiro!

Montagem do bolo Kit Kat
Bolo já confeitado: você só "cola" ao redor do bolo todos os kit kats com um pouquinho de chantilly ou cream cheese em temperatura ambiente.
Bolo sem cobertura e recheio: recheie o bolo, cubra com brigadeiro ou beijinho, espere esfriar e cole os kit kats com chantilly.

Divida o coco em flocos em duas partes. Use metade para polvilhar por cima do bolo que  já está com a cerquinha de kit kat, e a outra metade, num recipiente de vidro para não manchar (ou saquinho tipo ziploc), pingue umas gotinhas de corante alimentício verde limão e mexa com um garfo (ou agite o saquinho) até dar o tom desejado.

Coloque um aro para fazer o ninho (ou faça a olho) com o coco em flocos tingido de verde, deixe o centro mais fundo. Arrume os ovinhos por cima e está pronto seu bolo de Páscoa maravilhoso!
Bolo prestígio
3 ovos
1 1/2 xícara de açúcar
1/2 xícara de cacau em pó
2 xícaras de farinha de trigo
1/2 xícara de óleo
1 xícara de leite
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 pitada de sal

1) Numa tigela de batedeira ou usando um fouet, bata os ovos com o açúcar até obter um creme esbranquiçado. Junte o cacau em pó, o óleo, o leite, o sal e vá colocando a farinha misturada ao fermento aos poucos.

2) Leve ao forno preaquecido a 200°C em assadeira untada e enfarinhada e asse por 30 minutos. Desenforme, corte ao meio, molhe com leite ou uma calda (abaixo) e coloque o recheio.

Calda para molhar o bolo
1 xícara de leite
1 colher (sopa) de licor Sheridan's (aquele de dois lados separados por vidro, preto e branco)
Leve ao fogo até ferver e molhe as partes do bolo antes de rechear.

Recheio e cobertura
1 lata de leite condensado
1 lata de leite
1 pacote de 100 g de coco ralado
1 colher (sopa) de manteiga ou margarina
2 colheres (sopa) de amido de milho (maizena)

Coloque todos os ingredientes numa panela e leve ao fogo, mexendo, até engrossar. Use para rechear e cobrir o bolo. Se ficar muito consistente acrescente mais leite e leve ao fogo novamente.


 

domingo, 16 de março de 2014

Cinnamon Rolls - Enroladinhos de canela


Cinnamon rolls ou enroladinhos de canela são estas deliciosas rosquinhas presentes em cafés e mesas americanas. Sempre que visito o país esta é minha primeira escolha já no aeroporto para começar bem a viagem, ou seja, com muito sabor!

Presume-se que a origem seja sueca, tanto que em 4 de outubro se comemora na Suécia o "Kanelbullens dag" - Dia do Enroladinho de Canela. O fato é que nos Estados Unidos eles são muito populares e sempre achei que os americanos é que tivessem inventado tal delícia.

O original... Este gigante da Cinnabon, você encontra em aeroportos, malls, ruas e se estiver em Orlando, até nos parques!

Massa Hot rolls - para Enroladinhos de canela
1 envelope de fermento para pão
1/2 xícara de água morna 
1 colher (sopa) de açúcar
2 xícaras de buttermilk - adicionar 2 colheres de vinagre ao leite - deixar 10 minutos de repouso
1/2 colher (chá) de bicarbonato
5 colheres (chá) de fermento em pó
1/2 xícara de açúcar
1 colher (chá) de sal
1/2 xícara de óleo
5 xícaras de farinha de trigo

Recheio
1 xícara de açúcar mascavo claro
1 colher (chá) de canela em pó
2 colheres (sopa) manteiga ou margarina derretida
- Misture o açúcar e a canela em pó

Cobertura de cream cheese
3 colheres (sopa) de cream cheese
1 xícara de açúcar impalpável
1 colher (chá) de extrato de baunilha leite
- Misture os ingredientes da cobertura e bata com batedor (fouet) ou mixer acrescentando aos poucos uma colher de leite até obter a consistência desejada.

1) Massa: Dissolva o fermento e 1 colher de açúcar na água morna. Adicione os ingredientes restantes na ordem indicada e mexa bem. A massa fica macia e não é preciso sovar, apenas incorporar tudo.

2) Abra a massa em formato retangular em superfície bem enfarinhada, deixando-a com espessura de 1 cm. Passe a manteiga derretida e polvilhe o açúcar mascavo misturado com a canela. Enrole como um rocambole. Usando tesoura ou faca, corte fatias de cerca de 3 cm cada. Transfira para uma assadeira untada e enfarinhada, deixando pouca distância. - Se usar marmitinha de alumínio, não precisa untar. - Asse a 190°C por cerca de 15 minutos, tempo suficiente para dourar as bordas e borbulhar o açúcar. Sirva com a cobertura de cream cheese.

A massa crua pode ser conservada em geladeira por até uma semana.





Outra opção é assar em marmitinhas.

E estão prontas para presente!
 



quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Entradas para a Ceia de Natal e de Ano Novo


O cardápio da ceia de Natal geralmente leva em conta apenas o paladar dos adultos e as crianças ficam de fora. Então, que tal agradá-las com esta entrada? Simples assim...  Um espeto de salsicha cozida, decorado com maionese e que tem o formato de botinha de Papai Noel! Decore com um quadradinho de pimentão vermelho e uma folhinha de salsa. Ou, dependendo da região, coentro. 

Aqui em casa, logo após as entradas a gente se reúne em círculo e cada um fala sobre as bençãos recebidas durante o ano e encerramos com uma oração. Uma boa forma de comemorar o aniversariante, Jesus, é citar um versículo. Gosto deste:
“Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dele." João 3.16-17

Para fazer seu Natal diferente com alguma reflexão, visite este site de um amigo: Natal de Verdade

Agora, a montagem das botinhas:
Fatie assim e faça duas botinhas com cada salsicha.
Com batata palha triturada na mão, mas aqui preferem sem...
Esta ideia que vi no blog The Peach Kitchen. Lá tem um tutorial completo.

Agora, os adultos! Uma entrada fácil também. Alguns supermercados vendem uma petisqueira plástica com vários tipos de queijos já cortados em cubos. Caso contrário, escolha dois ou três tipos de queijos diferentes e monte o aperitivo em formato de árvore de Natal. Use a criatividade com tomatinhos, azeitonas e raminhos de alecrim separando as camadas.


sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Papel de bala também embala!


Sabe quando você acha que todos merecem uma segunda chance? Eu sou assim com as coisas também! Gosto de dar novos usos para coisas que aparentemente não têm outra função além daquela para as quais foram projetadas!

Então.. quando você precisa dar um presente e não tem um lacinho bonito mas tem papéis de bala (rococó) em casa sobrando? Simples não é mesmo. Basta juntar uns 4 ou 5 papéis de bala para cada lado, colocar a parte lisa dentro de uma sacola e colar com fita adesiva! Prontinha a sua embalagem de presente, feita por você!

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Merenguinhos decorados com nutella...


Receita  fácil, para você dar um toque gourmet nas sobremesas de final de ano. Merenguinhos, ou suspiros, podem ficar glamorosos se decorados e colocados sobre bolos, tortas, pavês, sorvetes ou simplesmente servidos como sobremesa "finger food"!







Dica: Merengues decorados devem ser usados no mesmo dia. Caso contrário eles começam a melar.

Merenguinhos decorados com nutella
Merenguinhos o suficiente (comprados ou feitos em casa)
1/2 xícara de Nutella - ou mais, depende do número de merengues
Castanhas trituradas

1) Aqueça a nutella por 30 segundos no microondas, ou o suficiente para que ela fique mais cremosa.
2) Pegue os merenguinhos um a um, com cuidado, mergulhe a parte inferior na nutella e depois passe nas castanhas. Pronto!

Ou, caso não tenha nutella, use ganache...

Merenguinhos decorados com ganache de chocolate
Merenguinhos o suficiente
100 g de chocolate ao leite ou meio amargo
1/2 caixinha (100 g) de creme de leite

1) Quebre em pedaços pequenos alguns quadrados de chocolate em barra. Coloque em um refratário seco e leve ao microondas por 1 minuto para derreter. Verifique se o chocolate derreteu, coloque o creme de leite e mexa até incorporar.

2) Passe a parte inferior dos merengues na ganache e depois nas castanhas trituradas.

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Um livro de receitas... traduzido por mim!


Ainda não lancei um livro, mas considero este blog que escrevo desde 2006 meio caminho andado... Enquanto esse sonho não vira realidade, eu me contento em divulgar de outra maneira receitas de outros países, como este livro australiano, que traduzi para a editora Record! Receitas Fáceis com 4 ingredientes - vol. 2.

Traduzir um livro de culinária foi uma experiência marcante para mim, pois além do desafio de deixar as receitas atraentes ao paladar brasileiro eu precisei adaptar muitos ingredientes que não são encontrados facilmente no Brasil.  
 
As receitas são fáceis e rápidas para qualquer pessoa preparar café da manhã, bebidas, aperitivos, molhos, acompanhamentos, pratos principais e sobremesas. O livro também apresenta uma sessão especial com dicas para mães, refeições para crianças pequenas, o que levar na lancheira, papinhas para bebês, aproveitamento de sobras e receitas até para animais de estimação! Tudo com no máximo quatro ingredientes! E se falou de mães, estou dentro! Este foi um dos motivos que me levou a aceitar o desafio desta tradução!